Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desafio dia #31 - Desafio Superado

por Pó de Arroz, em 13.05.18

Das coisas que mais gosto de fazer é escrever. Escrever o que me apetece e essencialmente o que me vai na alma. E tinha descuidado esta vontade, este gosto, este prazer. Ás vezes por falta de tempo, outras porque não apetecia e outras ainda porque quando paras é difícil voltar. Mas este auto-desafio fez-me bem. Obrigou-me a voltar a olhar para mim. A interiorizar. A fazê-lo por mim e só por mim. Percebi que nesta coisa dos auto-desafios há coisas que correm mal, ou melhor, não correm como idealizamos. Em vez de desistir, perceber como é possível adaptar às tuas necessidades e capacidades. Para mim, ao fim-de-semana era o meu maior obstáculo. Porque ao fim-de-semana a parte electrónica fica quase sempre de fora. Tenho outras prioridades. No inicio ainda resisti contra a solução que encontrei. Mas depois percebi que não estava contra ao que tinha idealizado. Apenas estava a ser flexível. O resultado esperado ia ser idêntico. Por isso, neste caminho de auto-desafio tão simples, aprendi tanto. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Desafio dia #30 - As respostas

por Pó de Arroz, em 12.05.18

Depois das perguntas as respostas vão surgindo. As vezes não são obvias. Outras vezes estão mesmo à nossa frente e não conseguimos perceber. E de repente, num momento, A-HA, compreendemos. Compreensão é uma das capacidades que mais peço. Capacidade de me compreender e a tudo que me rodeia.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Desafio dia #29 - Pergunta

por Pó de Arroz, em 11.05.18

Durante muito tempo não conseguia fazer perguntas. Formular perguntas. Achar sequer que precisava de fazer perguntas. Hoje compreendo que todos os dias precisamos de perguntas. São as perguntas que nos ajudam a caminhar. É essencial perguntar. Descobri também que não perguntava porque tinha medo das respostas. Talvez porque incoscientemente sabia as respostas. E por vezes as respostas não são aquilo que quero ouvir. Tenho tendencia a procurar o prazer imediato. Querer respostas imediatas, resultados imediatos. A minha mente é rápida. Felizmente a natureza é sábia e foi-me moldando um corpo lento. Agora só preciso aprender a equilibrar estas minhas partes do SER. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Desafio dia #28 - Liberdade

por Pó de Arroz, em 10.05.18

Percebo agora que a Liberdade é uma opção. E que todos somos livres. E eu tenho me aprisionado a mim própria de tantas maneiras diferentes. Hoje eu escolho ser FELIZ. Eu sou FELIZ. Eu amo sentir-me FELIZ. Eu sou LIVRE. Eu amo ser LIVRE. 

 

Leiam este artigo. Faz todo o sentido, para mim, claro!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Desafio dia #26 - Ser Mulher

por Pó de Arroz, em 08.05.18

Voltar a trazer este sentimento de ser mulher para mim. É algo que devo fazer. Ter prazer em ser mulher. Parece mentira. Mas é verdade. Quando analiso a questão bem a fundo descubro que tenho vergonha de ser mulher. Da vulgaridade. Percebo que ando longe, iludida da dádiva de ser mulher. E aos poucos, nestes passinhos de bebe que ando a tentar dar descubro um verdadeiro prazer em ser. E ser é um estado natural de ser mulher. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Desafio dia #25 - Deixar fluir

por Pó de Arroz, em 08.05.18

Várias vezes ouço este conselho. Como a corrente de um rio, deixa fluir. Mas dou por mim a remar contra a corrente. Zango-me. Irrito-me. Fico cansada. Desespero. Talvez deixar fluir também seja por vezes termos de lutar contra a corrente até à exaustão. Para depois nos deixar-mos ir. Com outro tipo de pensamento. Com outra vontade. Com outros desejos. 

 

Resultado de imagem para corrente rio

(Imagem daqui)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Desafio dia #24 - Eu e o meu trabalho

por Pó de Arroz, em 07.05.18

No meu trabalho actual. De alguma forma sinto que não pertenço aqui. Que não se coaduna com os meus princípios e ideais. Mas se vim aqui parar, sei que tem ser por uma boa razão. Talvez porque precise trabalhar a minha relação com os meus colegas. Talvez porque precise aprender mais como funciona esta área. Talvez porque preciso aprender a aceitar e amar as contrariedades da vida. Talvez porque precise aprender a transmutar as frustrações, a moderar as expectativas, a viver o presente, a ser o meu EU real num local onde esperam que sejas o que é suposto ser. Talvez apenas para aprender a procurar luz dentro de mim, encontrar a minha essência, plantar uma semente de Amor. 

Tenho trabalhado imenso neste sentimento de contrariedade, de angustia, de querer estar onde não estou. Todos os dias pratico o melhor que sei e que consigo na aceitação de mim naquele espaço. Já passou mais de um ano. E ainda não consigo ser sempre 100% AMOR. As vezes consigo aceitar. Outras vezes sinto-me o pior do mundo. Mas faz parte do processo. Estamos sempre a crescer. A aprender. No momento certo, muda o que tiver de mudar. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Desafio dia #23 - Agradecer

por Pó de Arroz, em 06.05.18

Grata pelo ar que consigo respirar facilmente. Grata pela minha casa, cama e roupa para vestir. Grata pelo meu frigorífico que conserva os meus alimentos. Grata pela torneira donde sai agua sempre que desejo. Grata pelos beijos dos meus filhos. Grata pela escola dos meus filhos. Grata pelo meu trabalho apesar de ansiar por algo diferente. Mas também percebo que o meu coração ainda não sabe bem qual é o caminho. E tenho a certeza que assim que o meu coração perceber o que deve fazer, o Universo vai mostrar a porta ou janela ou um pequeno buraco na parede que me vai dar passagem para o outro lado. Agora e apenas AGORA tenho de agradecer o que tenho, vivo e construi até hoje!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Desafio dia #22 - Expectativa

por Pó de Arroz, em 05.05.18

Tão bom, mas tão bom. Acontece-me com alguma frequência acordar com uma palavra na cabeça. Hoje foi expectativa. E depois cai-me no colo este artigo:

 

Mo Gawdat, ex-Google X e autor do livro “Equação da Felicidade”

 

E está tudo aqui. Tudo o que sinto. Tudo o que penso. Sem mais nem menos. Expectativa!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Desafio dia #21 - Diferente

por Pó de Arroz, em 04.05.18

 Tenho uma grande sede de diferente. De viver diferente. De ser diferente. Dou por mim a desejar a ter uma vida diferente. Mas a única coisa que realmente posso fazer diferente é escolher a forma como reajo ao mundo. E escolher fazer coisas para mim diferente. O medo. O desconhecido. As amarras. As crenças. As consequências das nossas escolhas. São todas condicionantes que preciso aceitar viver e amar. Preciso continuar a interiorizar que tudo é perfeito como é. Não reagir com raiva mas com amor. Procurar fazer e ser a minha melhor versão. E a melhor parte. Ter coragem para explorar. Para modificar. Para ser feliz a minha maneira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D